quarta-feira, 19 de maio de 2010

Isso também não pode acontecer com Rio 2016!

O Globo, 1ª Página, 19/05/2010:

Aeroportos terão obras sem licitação
Medida provisória autoriza Infraero a gastar quase R$ 5 bi com reforma de terminais para a Copa

Com atraso no cronograma de obras para a Copa de 2014, o governo decidiu autorizar a Infraero a contratar serviços de engenharia em regime de urgência, sem precisar cumprir a lei 8.666, que exige licitação. Ao todo, nas 12 cidades-sede da Copa, deverão ser gastos quase R$ 5 bilhões em reformas de terminais. O maior volume será destinado a Guarulhos, em São Paulo. A alternativa encontrada pelo governo foi incluir a permissão na medida provisória 489, que trata das Olimpíadas.

Um comentário:

  1. Porque aqui as coisas tem que ser assim? Que pena!!!

    ResponderExcluir